Transformando processos com Design Sprint - 2R Inovações

Transformando processos com Design Sprint

O Sprint é o processo único de cinco dias do GV (Google Ventures) para resolver questões críticas por meio de protótipos e testar as ideias com os clientes.

É como uma coletânea dos maiores sucessos da gestão estratégica, inovação, ciências do comportamento, design, entre outros, tudo condensado em um passo a passo que qualquer equipe pode usar.

Descrição do Sprint:

1º – A equipe deverá:

  • Reservar uma semana inteira em seu calendário, da segunda-feira até a sexta-feira;
  • Cancelar todas as reuniões da semana;
  • Ativar a resposta automática de “ausência temporária” do seu e-mail;
  • Concentrar completamente no objetivo principal do Sprint.

2º – Formular um prazo diário;

3º – Executar o Sprint de segunda-feira à sexta-feira:

  • Na segunda-feira: Mapear os processos, identificar seus problemas e as causas-raiz e escolher um ponto importante para se concentrar;
  • Na terça-feira: Esboçar soluções concorrentes no papel para resolução dos problemas;
  • Na quarta-feira: Tomar decisões difíceis e transformar as ideias em hipóteses que possam ser testadas e validadas;
  • Na quinta-feira: Construir um modelo de processo realista que atenda as soluções identificadas para o processo escolhido;
  • Na sexta-feira: Realizar os testes com os principais interessados, realizar possíveis ajustes e validar o modelo proposto.

Considerações:

As equipes geralmente se sentem confiantes para apostar nas ideias porque o Sprint permiti que testem rapidamente.

Você não vai terminar com um produto completo, detalhado, pronto para a entrega, mas vai fazer um progresso rápido e terá certeza se está indo na direção certa.

É difícil encontrar boas ideias, mesmo as melhores enfrentam um caminho de incertezas em direção ao sucesso no mundo real.

A execução pode ser complicada, por isso precisamos responder algumas perguntas:

  • Qual é o ponto mais importante para concentrar seus esforços?
  • Como se deve começar?
  • Qual será o resultado na vida real?
  • É melhor designar uma pessoa inteligente para descobrir isso ou conduzir uma sessão de brainstorming com toda a equipe?
  • Como você sabe que encontrou a solução certa?
  • Quantas reuniões e discussões serão necessárias para ter certeza?
  • Alguém vai se importar?
  • Quem são seus clientes?
  • Seus produtos e/ou serviços são destinados a quem?
  • Quais são os requisitos dos seus clientes?
  • O que seus clientes esperam dos seus produtos e/ou serviços?
  • Como ele gosta de receber os seus produtos e/ou serviços?
  • As saídas do seu processo impactam seus clientes?
  • Os processos estão sendo medidos da forma correta?
  • Os Indicadores de desempenho estão contribuindo para a melhoria dos resultados?

Trabalhando junto em um Sprint, encurtamos o ciclo de debates intermináveis e comprimimos meses em uma única semana. Em vez de esperar pelo lançamento do novo processo para descobrir se é viável, podemos obter dados claros de um processo realista.

O Sprint dá superpoderes, podemos transportar para o futuro e ver o produto final e as reações dos clientes antes de fechar compromissos dispendiosos.

Quando uma ideia arriscada é bem-sucedida em um Sprint, a compensação é fantástica. No entanto, são os fracassos que, embora dolorosos, proporcionam o melhor retorno sobre o investimento.

Identificar falhas críticas depois de apenas cinco dias de trabalho é o máximo de eficiência. É aprender na marra, mas sem sofrimento.

Durante a execução do Sprint, alguns métodos poderão ser familiares e outros novidades, como o desenvolvimento enxuto e o design thinking, o Sprint é uma forma prática de aplicar metodologias.

Processos “ágeis” na definição de “sprint” é diferente, mas complementar.

 

AutorEduardo Rocha

Referências:

– Knapp, Jake; Zeratsky, John; Kowitz, Braden. Sprint.

– Ismail, Salim; Malone, Michael S.; Van Geest, Yuri. Organizações Exponenciais: Porque elas são 10 vezes melhores, mais rápidas e mais baratas que a sua.